Após trabalho conjunto da Polícia de Apucarana e Reserva, suspeito é preso em área rural

240 0

Wellington estava residindo no Barreirinho dos Crentes, e uma equipe da policia civil esteve lá mas não o localizou, mas o Investigador Brasil teve a recordação de que a mãe dele morava na Anta Magra e de pronto se dirigiam até lá, ocasião em que tomaram conhecimento de que o mesmo havia acabado de deixar sua esposa no local, então a equipe policial ficou de “campana” aguardando o retorno de Wellington, e ao retornar ao local o mesmo recebeu voz de prisão (foto).

Momento da prisão de Wellington

O motivo de sua prisão foi o crime cometido em Apucarana, ocasião, supostamente, praticado por ele em companhia de outros meliantes no dia 25 de março passado.

Nesse assalto, após passaram por entregadores de flores, invadiram uma casa na Rua Jaroslau Maistrovicz – Núcleo Habitacional Osmar G Freire no município de Apucarana, e portando um revólver Calibre 38, mantiveram um rapaz de 19 anos e a empregada como reféns por 12 horas e aguardaram a chegada do pai do rapaz, o qual também foi rendido foi rendido.  Da residência, os acusados levaram um veiculo Fiat Pálio de placa AZX-8206, o qual foi encontrado posteriormente e cerca de 60 mil reais em dinheiro.

Após a prisão, Wellington negou o envolvimento no crime e diz que provará sua inocência, mas a equipe policial  tem informações privilegiadas apontando evidências de sua participação e os outros envolvidos podem serem presos a qualquer momento.

Vale destacar o brilhante trabalho da equipe policial de Reserva e em especial o Investigador Brasil, que foi determinante para a prisão.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *