Exposição de artesanato e decoração faz campanha para arrecadar livros em braille

863 0

Quem visitar o Espaço Internacional de Artesanato e Decoração da Nações & Arte poderá além de conhecer e adquirir produtos originais do Marrocos, Paquistão e Índia, contribuir com a campanha nacional de arrecadação de livros em braille. As doações poderão ser feitas até o dia 23 de setembro, último dia da feira, que está no primeiro piso do Palladium Shopping Center de Ponta Grossa.

De acordo com o idealizador do Espaço Internacional de Artesanato e Decoração, Juliano Michei, a campanha ‘Gratidão move a ação’ tem como foco arrecadar todos os estilos de livros na linguagem dos portadores de deficiências visuais. “Ao final da feira vamos entregar os livros arrecadados para a Associação de Pais e Amigos dos Deficientes Visuais (Apadevi) de Ponta Grossa”, explica.

Juliano destaca que a ação acontece em todas as cidades que recebem a exposição internacional. “A campanha é uma forma de envolvermos a comunidade em assuntos sociais que merecem a atenção e muitas pessoas têm livros em suas casas na linguagem em braille, mas não os utilizam, então a doação é uma forma de chegar a quem precisa e incentivar a leitura”, observa.

O Espaço Internacional começou no dia 23 de agosto e tem artigos decorativos, tapetes, roupas, calçados, bijuterias, vasos e acessórios. Os preços são a partir de R$ 10. Esta é a primeira vez que Ponta Grossa recebe o evento, que já percorreu mais de 50 cidades brasileiras, de Norte a Sul. A entrada na exposição é franca.

Serviço

Espaço Internacional de Artesanato e Decoração

Local: Praça de Eventos do Palladium Shopping Center de Ponta Grossa, primeiro piso

Data: De 23 de agosto a 23 de setembro

Horário: De segunda a sábado, das 10h às 22 horas e no domingo das 14hàs 20 horas

Entrada gratuita

Sobre a Nações & Arte

A Nações & Arte está há seis anos no mercado brasileiro levando aos shoppings centers arte, cultura e artigos de artesanato e decoração de diversos países como Marrocos, Dubai, Turquia, Índia, Rússia e Quênia, entre outros. Tudo é distribuído em dois eventos: Espaço Internacional de Artesanato e Decoração e Expo Oriente, somando mais de 100 mil peças expostas. A ideia surgiu com o expositor de flores de madeira chilena, Juliano Michei, hoje reconhecido como um dos maiores promotores deste tipo de evento no país. 

Deixe seu comentário para a noticia

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *