Pesquisadores e técnicos se reúnem para debater viticultura no Paraná

496 0

Acontece nesta quarta-feira (04) em Palmeira encontro do grupo desenvolvido para reescrever o projeto de revitalização da viticultura no Paraná. As atividades reúnem pesquisadores, técnicos da Secretaria da Agricultura e Abastecimento (Seab), Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e uma professora da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Valter José Ramos, técnico da Emater de Palmeira, faz parte deste grupo que reúne cerca de 15 integrantes. Ele explicou a razão pelo encontro ser realizado em nosso município. “Para tratarmos mais uma vez de assuntos relacionados a este projeto a ser apresentado ao Governo do Paraná e será lançado pela Secretaria da Agricultura nos próximos dias. Essa será a quarta reunião e esse grupo se reúne normalmente uma vez por mês, são pessoas de vários lugares do estado, então não é tão fácil reunir. A vinda a Palmeira é um pedido meu para apresentar além de trabalhos realizados por mim, pelos técnicos da Emater de Palmeira e Prefeitura, também uma oportunidade de colegas de outras regiões do estado conhecer Palmeira e conhecer também nosso projeto da viticultura no município”, contou Valter.

Ao falar sobre os reflexos do fortalecimento da viticultura para a região, o técnico destacou que Palmeira, com o projeto uva, implantado em 2007, torna-se referência desta cultura no Estado. “O impacto aqui em Palmeira será positivo, estamos no 12º ano do projeto uva que começou em 2007 e com grande resultado já na atividade com cantinas sendo construídas e produtores tendo êxito no comércio e na produção de uva graças a tecnologia prometida desde o início e hoje se configura aí em um grande avanço em que a pesquisa e extensão estarão juntos discutindo os rumos em um projeto para o Paraná e Palmeira vira referência. Como sempre coloquei Palmeira deveria virar referência e então o município vira também referência nesse trabalho no estado”, destacou Ramos.
Segundo ele, o grupo teve início em abril e seu principal objetivo, portanto é o desenvolvimento da viticultura no Paraná.

Deixe seu comentário para a noticia

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *