Paraná atinge 94.882 casos confirmados e 2.417 mortes

384 0

Um novo boletim, divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), nesta terça-feira (11), aponta que o número de casos confirmados do novo coronavírus no Paraná chegou a 94.882, com 2.417 mortes.

De acordo com os dados da secretaria, houve aumento de 1.556 diagnósticos e 47 mortes pela Covid-19, em comparação com o relatório divulgado no dia anterior.

Além do total de casos e mortes nos municípios paranaenses, divulgados no relatório, a secretaria informou que outros 1.061 casos confirmados e 28 mortes pela doença foram registrados no Paraná mas em pacientes que moram fora do estado.

O número de pessoas consideradas recuperadas do novo coronavírus no Paraná, segundo o boletim, é de 56.077, o que corresponde a 59,1% do total de casos.

Novas mortes
A secretaria informou que as 47 mortes pela doença, incluídas no relatório, são referentes a pacientes com idades entre 44 e 93 anos, que morreram entre os dias 2 de agosto e esta terça-feira.

De acordo com o boletim, as novas mortes foram registradas nos seguintes municípios:

Curitiba – 10 novas mortes;
São José dos Pinhais – 3 novas mortes;
Almirante Tamandaré – 2 novas mortes cada;
Ampére, Bandeirantes, Campina Grande do Sul, Campo Largo, Campo Mourão, Castro, Colombo, Faxinal, Fazenda Rio Grande, Iracema do Oeste, Ivaiporã, Matelândia, Palmeira, Palotina, Paranaguá, Pato Branco, Pinhão, Quatro Barras, Sengés e Tapejara – 1 nova morte cada.

Divulgação dos dados
A última data em que a Sesa divulgou o boletim com informações detalhadas de casos e mortes pela Covid-19 no estado foi sexta-feira (7).

No sábado (8), a secretaria não divulgou o boletim com as informações porque, conforme a pasta, o sistema estava inconsistente. No domingo (9), os dados não foram detalhados.

A Sesa informou que o Gerenciador de Ambiente Laboratorial estava instável e, por isso, os números do informe epidemiológico do novo coronavírus estão atrasados.

Nesta terça-feira, o governo informou que “a extração de dados relacionados à Covid-19 voltou a ser considerada segura e os números confiáveis” e que, em breve, as informações das datas retroativas serão divulgadas.

Erros nos números

No relatório desta terça-feira, a secretaria informou que os números de novos casos confirmados no sábado (8), domingo (9) e segunda-feira (10) foram divulgados com erros no relatório anterior. Veja, abaixo, o que mudou.

Sábado – foram confirmados 2.228 diagnósticos, e não 2.340 confirmações, conforme informado anteriormente;
Domingo – foram confirmados 1.739 novos casos, e não 1.547, conforme divulgado no boletim anterior;
Segunda-feira – foram 1.483 novos diagnósticos, no lugar dos 1.338 divulgados anteriormente pela pasta.
No fim de semana, a secretaria informou que havia 1.063 confirmações e 75 novas mortes, em comparação com o relatório de sexta-feira. Os números foram modificados, conforme a correção citada acima.

Internamentos
Conforme o relatório da Sesa, o estado possui 1.088 pacientes com casos confirmados de Covid-19 internados nas redes pública e particular de saúde.

Do total, são 839 internamentos pela doença em leitos do Sistema Único de Saúde (SUS), com 402 pacientes em Unidades de Terapia Intensiva, e 437 em leitos clínicos/enfermaria.

Outros 249 pacientes com casos de coronavírus estão internados pela rede particular de saúde. Deste total, conforme a secretaria, 103 estão em UTIs e 146 em leitos clínicos/enfermaria.

Além dos internamentos por confirmação da doença, a Sesa informou que há no Paraná 1.125 pacientes internados com suspeita de casos da Covid-19, em leitos das redes pública e privada.

São 499 pessoas que aguardam resultados de exames em leitos de UTI e 626 em enfermaria.

Ocupação de leitos
Segundo o relatório, a taxa de ocupação de leitos hospitalares SUS exclusivos para pacientes suspeitos ou confirmados de Covid-19, nesta terça-feira, é:

75% dos 1.083 leitos de UTI adulta
52% dos 1.549 leitos de enfermaria adulta
29% dos 49 leitos de UTI pediátrica
30% dos 70 leitos de enfermaria pediátrica
Considerando a divisão de leitos no estado em cada uma das macrorregiões, a macrorregião Leste — que abrange Curitiba, o Litoral e cidades como Ponta Grossa e Guarapuava — registra a maior taxa de ocupação de leitos para adultos.

Confira a situação das UTIs para adultos em cada uma das macrorregiões:

Leste: 84%
Noroeste: 60%
Oeste: 59%
Norte: 69%

Testes
Até esta terça-feira, de acordo com a secretaria, foram feitos 354.265 exames pela rede pública e laboratórios credenciados. Por dia, de acordo com a Sesa, são realizados 5,6 mil exames.

Conforme o boletim, 261.806 exames deram negativos e 6.439 estão em análise.

Há ainda o testes rápidos, recebidos do Ministério da Saúde e disponibilizados para a rede estadual. Foram realizados, conforme a Sesa, 407.980 testes rápidos.

Transferências
No informe desta terça-feira, a secretaria divulgou que houve transferências de casos e de mortes que haviam sido divulgadas em boletins anteriores. Veja, abaixo.

Casos

Um caso confirmado em Piraí do Sul foi transferido para Ponta Grossa.
Um caso confirmado em Castro foi transferido para São José dos Pinhais.
Um caso confirmado em Castro foi transferido para Fazenda Rio Grande.
Um caso confirmado em Piraquara foi transferido para Quatro Barras.
Um caso confirmado em Agudos do Sul foi transferido para Curitiba.
Um caso confirmado em Pinhais foi transferido para Balneário Camboriú (SC).
Um caso confirmado em Araruna foi transferido para Cianorte.
Um caso confirmado em Antônio Olinto foi transferido para Fazenda Rio Grande.
Um caso confirmado em Antonina foi transferido para Pinhais.
Um caso confirmado em Itajaí (SC) foi transferido para Ivaí.
Um caso confirmado em Curitiba foi transferido para Colombo.

Mortes

Um óbito confirmado em Cascavel foi transferido para Boa Vista da Aparecida;
Um óbito confirmado em Curitiba foi transferido para Colombo;
Um óbito confirmado em Cascavel foi transferido para Toledo;
Um óbito confirmado em Pinhais foi transferido para Balneário Camboriú (SC).

Deixe seu comentário para a noticia

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *