Klabin patrocina programas de inclusão de jovens pelo esporte no Paraná; escola reservense é uma das contempladas

837 0

Em linha com sua Política de Sustentabilidade, a Klabin investiu em 2023 a quantia de R$ 689.169,00 em projetos de incentivo à prática de atividades esportivas em seu território de operações no Paraná. Em dezembro, a Companhia beneficiou, via Lei Federal de Incentivo ao Esporte, três projetos paranaenses que utilizam práticas esportivas como fortalecimento da cidadania e formação de crianças e adolescentes. Os programas estão presentes em 17 municípios.

Um dos projetos contemplados com o patrocínio da Klabin foi o Superação, desenvolvido pelo Colégio Estadual do Campo Teófila Nassar Jangada, no distrito de José Lacerda, área rural de Reserva (PR). São beneficiados 55 alunos, desde o 6º ano do ensino fundamental até o 3º ano do ensino médio. Eles recebem materiais de treinamento – como, por exemplo, novos pares de tênis para os 27 atletas classificados nos Jogos Escolares –, e recursos para o pagamento de uma bolsa auxílio para os 10 competidores com os melhores resultados. Com o incentivo sendo dado há dois anos, os atletas que integram o projeto conquistaram 123 medalhas em 2023.

Outro projeto contemplado é em Telêmaco Borba, a Associação Desportiva de Telêmaco Borba Para Todos (ADTB) incentiva a prática esportiva como ferramenta de inclusão e transformação social. O futsal é a modalidade oferecida a crianças e adolescentes de seis a 18 anos. Além do trabalho social, em 2023, a equipe de futsal colheu excelentes resultados, com a conquista do vice-campeonato paranaense de futsal feminino série Ouro, foi campeã dos Jogos Abertos do Paraná (JAPs) pela sexta vez e tricampeã dos Jogos da Primavera.

Associação Desportiva de Telêmaco Borba Para Todos (ADTB) incentiva a prática esportiva como ferramenta de inclusão e transformação social.

Voleibol – Para incentivar o voleibol, a Klabin selecionou o Instituto Compartilhar, com o projeto Vôlei em Rede, que atinge 1.800 crianças e adolescentes entre nove e 15 anos em 17 núcleos de iniciação esportiva espalhados pelo estado, principalmente em escolas públicas. O projeto existe há 26 anos no estado e conta com o incentivo da Klabin há oito anos, diretamente com recursos via Lei de Incentivo ao Esporte. Cerca de 43 mil pessoas ligadas às instituições de ensino foram beneficiadas, e cerca de três mil professores e profissionais de educação física foram formados com a metodologia do Instituto Compartilhar. Em 2021, a ex-aluna do núcleo Curitiba, Roberta Ratzke, foi medalhista de prata nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

“Apoiar esses projetos de incentivo à prática do esporte, como meio de inclusão e ascensão social, reafirma nosso compromisso em atuar de forma responsável com o desenvolvimento social das comunidades onde a empresa está inserida”, afirma Uilson Paiva, gerente de Responsabilidade Social e Relações com a Comunidade da Klabin.

Sobre a Klabin

Maior produtora e exportadora de papéis para embalagens e de soluções sustentáveis em embalagens de papel do Brasil, a Klabin desponta como empresa inovadora, única do País a oferecer ao mercado uma solução em celuloses de fibra curta, fibra longa e fluff, além de ser líder nos mercados de embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e papel-cartão. Fundada em 1899, possui 22 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina, responsáveis por uma capacidade produtiva anual de 4,7 milhões de toneladas de celulose de mercado e papéis.

Somente no Paraná, gera mais de 11 mil empregos (diretos e indiretos), em mais de 25 municípios próximos das operações da Companhia, principalmente, na região dos Campos Gerais. A empresa é pioneira na adoção do manejo florestal em forma de mosaico, que consiste na formação de florestas plantadas entremeadas a matas nativas preservadas, formando corredores ecológicos que auxiliam na manutenção da biodiversidade. A área florestal da Companhia no estado compreende o total de 433 mil hectares, sendo 176 mil de mata nativa. A Klabin também mantém um Parque Ecológico, na Fazenda Monte Alegre, em Telêmaco Borba, para fins de pesquisa e conservação, atuando no acolhimento e reabilitação de animais silvestres vítimas de acidentes ou maus-tratos, auxiliando o trabalho de órgãos ambientais. Além de contribuir para a preservação da flora e fauna da região, inclusive de espécies ameaçadas de extinção.

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável. Na região dos Campos Gerais a Klabin desenvolve boa parte dos seus programas socioambientais, com destaque para o Semeando Educação, “Matas Sociais – Planejando Propriedades Sustentáveis”, Matas Legais, Programa de Resíduos Sólidos, Programa Klabin Caiubi, Força Verde Mirim e Protetores Ambientais.

A Klabin integra, desde 2014, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da B3, e em 2020 passou a integrar o Índice Dow Jones de Sustentabilidade, com participação na carteira Global. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Fonte – Assessoria de Imprensa da Klabin

Deixe seu comentário para a noticia

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *