Homem com três mandados de prisão acaba preso pela PM em Reserva

165 0

Um rapaz acabou preso após os policiais militares do 26º Batalhão de Polícia Militar (26º BPM), pertencente ao 4º Comando Regional da PM (4º CRPM), descobrirem o seu nome verdadeiro e constarem que ele tinha três mandados de prisão em aberto. Na casa dele havia uma espingarda de fabricação artesanal e uma moto com alerta de roubo. A situação foi na manhã de sábado (1º/08) em Reserva (PR).

Segundo o batalhão, a ocorrência iniciou-se com uma abordagem ao suspeito quando ele saia de um campo de futebol localizado no bairro Vila Rodeio. Com ele não havia nada de ilícito, mas os policiais militares encontraram uma porção de maconha perto do local de abordagem. “O indivíduo ainda, de maneira a dificultar o serviço policial, se contradisse em vários momentos quanto a sua identificação”, disse a auxiliar de Relações Públicas do batalhão, soldado Alisson Nogueira da Luz.

Por conta do flagrante de porte de drogas, ele foi levado à 3ª Companhia do batalhão, em Reserva, para a lavratura do Termo Circunstanciado. Durante o procedimento a equipe policial suspeito do nome fornecido por ele. “Ao ser feita a pesquisa pelo nome que o indivíduo havia fornecido, junto ao sistema interno da Corporação, a equipe constatou, apesar da semelhança, indícios de não ser a mesma pessoa”, descreveu o soldado Nogueira.

De acordo com as informações do Batalhão, duas mulheres chegaram na Companhia e se identificaram como esposa e irmã do homem, mas o comportamento delas indicava preocupação com a prisão do familiar. Diante das contradições apresentadas por elas e pelo suspeito, a equipe foi até a casa deles para verificar os documentos deles.

“Em consulta a documentos localizados na residência, a equipe constatou que o nome apresentado pelo indivíduo é de seu irmão, sendo constatado ainda em desfavor do indivíduo abordado três mandados de prisão em aberto, pelos crimes de receptação e roubo, sendo ainda constatado que ele também responde pelo crime de rompimento da tornozeleira eletrônica”, disse a soldado Nogueira.

Ainda na casa, foram encontradas a arma de fogo e uma moto com alerta de roubo do dia 17 de julho. Diante da situação, o rapaz foi preso em cumprimento aos mandados judiciais, e as mulheres também foram encaminhadas por falsidade ideológica e obstrução da justiça. Todos foram entregues na 56ª Delegacia Regional de Polícia Civil (56ª DRP) para as medidas pertinentes.

Deixe seu comentário para a noticia

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *