Paróquia Menino Jesus se prepara para viver a Paixão e Ressurreição de Jesus

863 0

No domingo deu-se início a celebração da Semana Santa para os católicos do mundo inteiro, a semana da Paixão, Morte e Ressurreição gloriosa de Jesus Cristo. Após celebrarem o Domingo de Ramos ou o Domingo da Paixão, que comemora a entrada de Jesus em Jerusalém montado em um jumentinho – o símbolo da humildade – e aclamado pelo povo simples que O aplaudia como “Aquele que vem em nome do Senhor”, os católicos se preparam ainda para uma intensa semana de fé e emoção.

A Paróquia Menino Jesus promoveu na segunda-feira o “Mutirão de Confissões” como forma de ajudar os féis na preparação espiritual para viver a Semana Santa, período propício para reflexão, reconciliação com Deus e conversão.

Dando sequência na programação semanal, no dia 18 as 20h na Igreja Matriz acontecerá a Celebração da Quinta-feira Santa, o ritual do lava-pés, que precede à cerimônia da ceia de Jesus Cristo com os 12 apóstolos, um grandioso gesto de humildade. Nesse dia, após a celebração, inicia-se a Vigília de Oração, onde fiéis passarão a noite toda com Jesus Eucarístico se revezando de hora em hora até as 15h de sexta-feira.

No dia 19 celebrar-se-á a Sexta-feira Santa, também conhecida como “Sexta-feira Maior”. Neste dia é celebrado a Paixão, Morte de Jesus, e o silêncio, o jejum e a oração marcam fortemente este momento. Ao contrário do que algumas pessoas imaginam a Paixão não deve ser vivida em clima de luto, mas de profundo respeito e meditação diante da morte do Senhor que, morrendo, foi vitorioso e trouxe a salvação para todos, ressurgindo para a vida eterna. Nesse dia, as 09h da manhã, os fiéis se reunirão para a meditação da Via Sacra pelas ruas da cidade e às 15h se reunirão novamente para a Celebração da Paixão e Morte do Senhor. Finalizando o dia de reflexão teremos às 19h no Estádio Municipal a Encenação da Paixão de Cristo e a procissão luminosa com o Senhor Morto e Nossa Senhora das Dores.

No sábado, às 20h os fieis se reúnem na Solene Celebração da Vigília Pascal. Na Igreja e na Liturgia Católica, antes de todas as grandes solenidades, há uma celebração de véspera ou vigília. A Vigília Pascal antecede o dia da Páscoa, o Domingo da Ressurreição de Jesus. O Sábado Santo é celebrado à noite. Até as luzes da Igreja são apagadas. Todo o povo se reúne na escuridão. Esta Liturgia é muito rica em sinais, gestos e símbolos (prestem bastante atenção, ok?). Nessa celebração teremos a bênção do fogo e o Círio Pascal (uma vela bem grande) que é acesa por esse fogo, o fogo novo, e que traz como símbolos o ano que estamos vivendo e duas letras do alfabeto grego, ou seja, o Alfa e o Ômega, que representam Jesus, nossa Luz, Princípio e Fim de tudo e de todos, Senhor do tempo e da história!

E, finalmente, para encerrar as atividades, no domingo (21), às 08h30 e 19h00, os fiéis se reunirão na Missa de Páscoa para celebrar a Ressurreição de Jesus.

A Semana Santa é a celebração mais importante, o centro da fé cristã, e, por isso, de uma forma bastante intensa, os cristãos celebram o passo-a-passo da história do nosso Salvador e vivem profundamente a maior prova de amor existente.

Fonte – Lucas Oliveira, Agente PASCOM

Deixe seu comentário para a noticia

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *